Dagoberto Fernando dos Santos

Dagoberto Fernando SantosPós-graduado em Administração de Empresas e com especialização em Administração Esportiva pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) é um dos profissionais mais atuantes no ramo do esporte fora das quatro linhas.

Com experiência profissional consolidada no setor financeiro, Dagoberto Fernando dos Santos foi diretor de diversas instituições bancárias internacionais, como Banco de Boston, BCN Barclays, entre outras.

Na área acadêmica é o Autor do livro Downsinzing no Sistema Financeiro – Da Teoria à Prática, editado pelo Instituto Brasileiro de Capacitação Bancária e pela editora Makron Books. Sobre o segmento do futebol é autor de diversos artigos publicados neste site.

Além disso, foi professor universitário e atualmente é palestrante em cursos de graduação e de especialização em gestão esportiva em entidades acadêmicas, como: Unimonte, Unimes, USP e Trevisan, além de atuar em congressos sobre a área do futebol.

De 1996 até hoje, é diretor-presidente da DFS Gol Business, empresa que presta consultoria e gestão para entidades desportivas.

De 2001 a 2008 exerceu a função de diretor-executivo na área de planejamento, projetos e negócios do Santos Futebol Clube, tendo papel importante na reestruturação financeira, administrativa e do futebol do clube.

Entre os anos de 2003 e 2006, participou como membro nomeado da Comissão Permanente de Futebol e Marketing Esportivo do Ministério do Esporte do Brasil, do projeto de aperfeiçoamento da Lei Pelé e da criação da Timemania, loteria que equacionou os débitos de tributos federais dos clubes brasileiros. Participou também como membro convidado pelo Ministro dos Esportes para atuar na Câmara do Desporto Profissional e nos trabalhos de regulamentação da nova Lei Pelé.

Também atuou, junto com o Conselho Federal de Contabilidade e o Instituto Brasileiro de Auditores Independentes do Brasil, da criação da Norma Brasileira de Contabilidade, que versa sobre a padronização das práticas contábeis e dos balanços patrimoniais dos clubes de futebol.

De 2008 a 2011 ocupou o cargo de Secretário Executivo da União dos Grandes Clubes do Futebol Brasileiro, o Clube dos Treze, onde se destacou pela atuação junto ao Congresso Nacional, durante a tramitação e aprovação da nova Lei Pelé e de projetos de lei que direta ou indiretamente envolviam os clubes de futebol.

Participou de diversas Audiências Publicas nas Comissões na Câmara e no Senado Federal como representante da delegação do Clube dos Treze e, por consequência dos clubes de futebol, instruindo os parlamentares sobre a realidade do futebol no Brasil.

De 2011 a 2013 ocupou o cargo de Diretor Superintendente do Clube Atlético Paranaense para desenvolver o projeto CAP Gigante, que envolvia a construção da nova Arena da Copa do Mundo de 2014, o retorno do clube à primeira divisão do Brasileiro em 2012, a profissionalização e as reformas das bases estruturais, visando transformar o clube em um protagonista entre os maiores clubes do mundo.

Em 2012 acumulou as funções de Diretor de Futebol e liderou o projeto para a classificação na série B com um grupo formado e forjado durante a competição, saindo de uma 17º posição para o 3º lugar, quando restavam apenas 20 rodadas para o término do torneio nacional.

Em 2015, à convite do presidente Modesto Roma Júnior, retorna ao Santos Futebol Clube para comandar toda a estrutura do futebol do clube, desde as categorias de base até o profissional. Para isso, foi nomeado Superintendente de Esportes, onde deu inicio a um amplo processo de reformulação na gestão do futebol do clube.

Evolução Profissional:
Evolução Profissional
(Clique na imagem acima para ampliar)



Comments are closed.

  • DFS
  • Sobre

    A DFS Gol Business é uma empresa de caráter privado especializada em gestão e consultoria empresarial no esporte.

  • Newsletter

    Cadastre-se e receba as novidades da DFS Gol Business.