Dagoberto, novo diretor geral do CAP

Atlético PR

O novo diretor geral do Clube Atlético Paranaense, Dagoberto Fernando Santos, concedeu entrevista ao site oficial sobre como será a gestão, quais são as metas e o que esperar do novo Furacão.

Como será o seu trabalho no clube?
Dagoberto Santos - Como Diretor Geral do Clube Atlético Paranaense, adotarei princípios e práticas de boa governança corporativa profissionalizando a gestão, pois acredito que em um ambiente onde é difícil separar a emoção da razão somente a competência multidisciplinar do capital humano existente permitirá criar uma cultura de pensar no futuro, de mudar radicalmente a forma de pensar e agir e de resgatar a dimensão financeira do negócio chamado futebol. O nosso modelo de gestão estará submetido à lógica da racionalidade e do domínio do conhecimento, e, portanto, se distanciará da impulsividade emocional e se aproximará do bom senso e da razão.

Sua área de atuação será focada mais na gestão administrativa ou no futebol?
Dagoberto Santos - Em ambas. Para tanto conto com a colaboração de cinco Diretores: um Diretor Financeiro, um Diretor Administrativo, um Diretor de Marketing e Comunicações, um Diretor de Futebol de Formação e um Diretor de Futebol Profissional, além das assessorias Jurídica e de Relações internacionais.

Caberá às Diretorias de Futebol responder pelas atividades fim do Clube Atlético Paranaense, assegurando condições de trabalho modernas e seguras dentro das áreas técnicas, estruturais, médicas e científicas ao grupo de trabalho para que possam apresentar o melhor performance possível para estar permanentemente entre as melhores equipes do mundo. No Futebol de Formação responder pelo desenvolvimento do atleta no todo, fisicamente, tecnicamente e psicologicamente, portanto aptos a serem os futuros profissionais do CAP. A formação de atletas será vital para o nosso projeto, pois objetiva garantir o futuro do Clube.

Quanto as Diretorias que representam as atividades meio, caberá ao CAP prover os recursos necessários para conduzir o processamento e controle de suas operações, respondendo pelo planejamento e controle financeiro, e as condições físicas, tecnológicas e humanas que garantam a qualidade dos serviços prestados. O nosso sucesso será mensurado, não somente, pela conquista de títulos, mas também pelo crescimento dos nossos ativos, pela reputação e valorização da nossa marca e, pela qualidade do nosso relacionamento e compromisso com toda a comunidade atleticana. No Marketing, a contratação de um profissional de mercado e de empresas de Marketing Esportivo possibilitará ter a nossa marca comercializada e posicionada ao redor do mundo, assegurando a consistência da nossa imagem globalizada e agregando valores ao nosso negócio.

Quais são as metas a curto, médio e longo prazo?
Dagoberto Santos - Os compromissos que norteiam a nova gestão são aqueles definidos pelo Presidente Mario Celso Petraglia em sua campanha. Em curto prazo, retornar à elite do futebol brasileiro. Em médio prazo, fazer parte do grupo de protagonistas do futebol brasileiro com estrutura patrimonial própria e receitas alternativas diferenciadas. Em longo prazo, a principal meta em uma década é a de ser Campeão do Mundo. O desafio de estabelecer metas no futebol e cumpri-las no prazo é uma marca registrada do nosso Presidente.

Como você espera aplicar seu conhecimento e sua vasta experiência em um clube que terá muitos desafios neste ano? E qual desafio você considera o mais importante para esta temporada?
Dagoberto Santos - O principal desafio é transformar o Clube em um CAPGIGANTE, retomando o seu crescimento. Para esta temporada o foco está na profissionalização da gestão capaz de colocar visão em ação, na reestruturação e investimentos na captação, formação e revelação de atletas e o mais importante será o retorno à Série A do Campeonato Brasileiro.

Você teve um cargo de importância no Clube dos Treze. Quais benefícios esta experiência pode trazer ao Atlético?
Dagoberto Santos - Como Secretário Executivo do Clube dos Treze pude conviver com todos os dirigentes dos mais importantes clubes do futebol brasileiro trocando conhecimentos, experiências e aprendendo com seus erros e acertos. Minha amplitude de relacionamento aumentou quando representei os clubes de futebol na elaboração da nova Lei Pelé no Ministério dos Esportes, na sua tramitação no Congresso Nacional interagindo com as duas Casas Legislativas, de modo a aproximar a dimensão política da técnica, ou seja, o parlamentar da realidade de um clube de futebol no Brasil. Nas negociações dos direitos de transmissão e critérios de rateios, nos assuntos de marketing, na padronização das demonstrações contábeis para clubes de futebol, permitiram estabelecer relações profissionais com importantes players do mercado. Esta minha experiência e network estão à serviço do CAP.

Conte-nos um pouco mais de sua experiência.
Dagoberto Santos - Uma das minhas atividades mais prazerosas é de ser palestrantes em Seminários, Congressos, Feiras, Cursos de Especialização e Aperfeiçoamentos, Entidades de Administração do Desporto, Empresas Investidoras, Associações e Entidades de Classe, sobre temas do futebol como: Avanços e Impactos das Alterações da Nova Lei Pelé; Modelos de Governança em Clubes de Futebol; Regulamento Brasileiro de Licenciamento de Clubes; Clube Formador e Formação Desportiva – conceitos, exigências, peculiaridades e dificuldades – entre outros. Capacitar, atualizar e inserir no mercado de trabalho profissionais para atuar, com competência e visão atual dos conceitos e desafios na gestão de clubes de futebol, é um objetivo pessoal e uma oportunidade de intercâmbio e de produção de conhecimento que faz parte da minha formação profissional e do meu perfil acadêmico.

Por : admin /Janeiro 02, 2012 /Notícias

Envie seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

  • DFS
  • Sobre

    A DFS Gol Business é uma empresa de caráter privado especializada em gestão e consultoria empresarial no esporte.

  • Newsletter

    Cadastre-se e receba as novidades da DFS Gol Business.